Posts Tagged Destino

Zanzibar, ou Hakuna Matata

Africa, Continente de terra quente, de gente de sorriso fácil e de fruta maravilhosa. Quem vai uma vez à Africa quer sempre voltar.  Berço da humanidade, as pessoas são afáveis, humildes e felizes por partilharem montes e recordações.

Na minha última viagem, escolhi Zanzibar.

Zanzibar é nome dado ao conjunto de duas ilhas do Arquipélago de Zanzibar, ao largo da costa da Tanzânia, na margem leste-africana, de que formam um estado semi autónomo daquele país. As duas ilhas são chamadas Unguja (em suaíli) ou Zanzibar e Pemba e estão separadas do continente pelo Canal de Zanzibar. Neste país, conhecido pela música Hakuna Matata, o principal é relaxar e levar a vida tranquilamente. Pole pole!

Fomos para a aldeia de Palumba, que vive da pesca. As mulheres da aldeia cultivam algas, que vendem para a industria da cosmética e para alimentação chinesa.

1 – COMO CHEGAR

Para viajar para Zanzibar, basta ter o passaporte válido por 6 meses e a vacina da febre amarela (que se pode tirar na consulta do viajante). Voamos pela Air Ethiopia e fiquei surpreendida. Os aviões são recentes, a tripulação muito querida e a comida boa e em abundância. Não conseguimos voo direto, pelo que fizemos escala em Roma, Addis Ababa e Kilimanjaro (mais de 20 horas literalmente com a mochila as costas!). Depois o transfer levou-nos diretamente para o PalumboReef Resort, gerido por brasileiros mas com toda a equipa local.  Chegamos ao fim do dia. Anoitece cedo.

Hotel – vista da piscina

Recepção do resort.

O hotel é guardado por jovens Masai, da tribo da Tanzânia,

2 – A PRAIA

A praia (de areia branca e águas cristalinas) onde ficamos era extensa e nela as mulheres da aldeia cultivam as algas. Apanhamos dezenas de conchas enormes (tão grandes que algumas tiveram que ficar em terra por pesarem demais). Os jovens da aldeia passam o dia na praia, ou a vender objectos ou excursões (que são 1/3 do valor das mesmas excursões vendidas no hotel).

A água é morna. Não tão quente como nas Caraíbas.

Falam inglês e francês fluentemente, e conseguem aconselhar em relação às excursões disponíveis. Podem regatear, que eles até aceitam bem isso e baixam os valores.

A maré sobe e desce de forma dramática!

2 –  STONE TOWN

A cidade de Stone Town é pequena, acolhedora e com imensos monumentos. Capital de Zanzibar, banhada pelo Indico, é conhecida no mundo inteiro por ter nascido nela o famoso Freddy Mercury (nome artístico de Farrokh Bulsara, que nasceu a 5 de setembro de 1946).

Tem ruelas labirínticas, lojas de rua, cheiros diversos e muito movimento. Sei que os portugueses passaram por lá, em tempos antigos e os canhões virados para o mar referem-se a Portugal nas suas inscrições! Vasco da Gama foi o primeiro europeu a desembarcar neste paraíso em 1499 e estabeleceu um domínio de Portugal durante dois séculos.

A visitar: Mercado Darajani, a casa de Freddy Mercury, o antigo forte e a casa das maravilhas.

CASA ONDE NASCEU FREDDY MERCURY

Mercado

3 – SAFARI BLUE

O BLUE SAFARI  é uma excursão vendida pelos hotéis mas que compramos aos miúdos da praia, o Ali e o Hadji.

Fomos a uma ilha comer uma refeição de lagosta e marisco, comida típica,  e paramos na barreira de coral e numa ilha de areia branca.



4 – PRISON ISLAN OU Changuu

Na viagem à Ilha dos Escravos, para além de visitar o forte onde desembarcavam os escravos para depois serem levados para a Europa, pode também ver as tartarugas centenárias que ali vivem, e cuja idade está inscrita na carapaça!

OUTROS DADOS

Pode também fazer a Volta das especiarias, uma visita a uma fazenda que cultiva vários tipos de especiarias.

Para além da cultura, a comida é maravilhosa, nomeadamente a fruta. Fazem sumo de cana de açúcar, caseiro, e espetadas de carne nas ruas. O clima é moderado (nós fomos em janeiro). Esteve quase sempre encoberto, embora com calor.

Trocamos euros e dollars pela moeda local, mas aceitam euros no comércio em geral.

A maioria da população é muçulmana.

O país pareceu-nos muito seguro.

 

FRUTA LOCAL.

Para terminar, deixo-vos com a musica que se canta TODOS os dias:

https://www.youtube.com/watch?v=wqmbVfKiDI8